SJ TheDaily - шаблон joomla Форекс

Notícias Novas

Icapuí: Servidores Municipais entram em ESTADO DE GREVE

Em assembleia realizada no dia 18/04, os servidores públicos municipais decidiram por unanimidade entrar em ESTADO DE GREVE*, em função da morosidade no processo de negociação da Campanha Salarial de 2018 e dos seguidos atrasos no pagamento dos servidores da educação.

O pouco ou quase nenhum avanço no processo negociado no ano em curso tem se dado, na maioria das vezes, pela falta de sensibilidade da gestão em ponderar algumas observações feitas pela instituição e a incompatibilidade entre os dados apresentados pela gestão e os colhidos pela instituição junto aos mecanismos de controle e transparência do governo.

No decorrer do processo negociado, os representantes sindicais têm apresentado inúmeras situações passíveis de serem aperfeiçoadas, corrigidas e/ou evitadas, que podem promover melhorias significativas nos índices da folha de pagamento. Infelizmente, o governo se abstém de seguir por esse caminho de planejar melhor o quadro de pessoal, cortar excessos e corrigir distorções possíveis de serem corrigidas. Todos esses fatos, ao olhar da instituição sindical, são perniciosos e promovem o excesso de gastos com folha de pagamento.

Os dados apresentados pelo governo e os colhidos pelos que fazem a instituição tem muitas incompatibilidades que precisam ser dirimidas, a fim de possibilitar um direcionamento mais objetivo para as negociações. Feito isso, é preciso ver com outros olhos as observações e alertas feitas pela entidade, porque estas, no modo de ver dos que fazem a instituição, se feitas a contento, podem trazer um equilíbrio muito significativo para os desajustes financeiros do município em termos de folha de pessoal.

 

* O Estado de Greve se diferencia do indicativo de greve e da deflagração da greve em si. Ele é, portanto, compreendido como uma situação aprovada pelas trabalhadoras e trabalhadores para alertar os governantes sobre a possibilidade de deflagração de uma greve. Assim, o estado de greve figura como momento de reflexão, debate e mobilização em torno de um processo que pode vir ou não a culminar em uma greve, aqui compreendida como instrumento legal e legítimo diante de reivindicações.

Os dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo mostram algo que deveria ser motivo para a execração pública dos que pretendem entregar o petróleo do pré-sal, e o estão fazendo.

Lembra que em 2007 o Brasil, depois de 54 anos da criação da Petrobras, comemorava, finalmente, a autossuficiência brasileira na produção de petróleo?

Produzíamos, então, 1,77 milhões de barris de óleo equivalente (soma de petróleo líquido com o gás natural) .

O Sindicato do Servidores Públicos Municipais de Icapuí – SINDSERPUMI já protocolou 02 (dois) ofícios solicitando ao governo municipal audiência para dar continuidade ao processo de negociação da pauta dos servidores no ano de 2018. Apesar do atropelo do processo, desencadeado pelo governo com envio dos projetos de lei nº 003 e 004/18, os dirigentes da entidade têm se mantido firmes na condução do processo negociado.

A entidade tem buscado incessantemente o canal de negociação, contemporizando com o governo para mostrar que o que interessa é tratar os números, como mecanismo de planejamento da gestão, otimizando melhor o quadro de pessoal, cortando excessos e eliminando as irregularidades. Esse é o caminho para o ajuste da folha. Esse é o pensamento frequentemente apresentando pela presidência do SINDSERPUMI.

O discurso que demoniza as conquistas dos servidores não só é inverídico como não constrói saídas fidedignas para as dificuldades financeiras do município acarretadas principalmente pela emenda 95, que congela os investimentos principalmente em educação e saúde.

Queremos debater com o executivo, legislativo e sociedade, enquanto entidade representativa dos trabalhadores, propostas construtivas que agreguem saídas e possibilidades para as dificuldades que estão postas. Mas, para isso, é preciso parcimônia e transparência por parte do governo, para que possamos construir, através do debate, um conjunto de ações que possam restabelecer a estabilidade financeira do município.

Enquanto representantes dos servidores e conhecedores da realidade FINANCEIRA do município, temos muito a contribuir com esse debate, no sentido de fazer o contra ponto, demonstrando com dados e com argumentos plausíveis, que essa redução de folha deve ser feita por dentro da gestão, e não através da extinção de conquistas que valorizam e possibilitam uma melhor qualificação dos servidores para um melhor serviço prestar a população.

SINDSERPUMI agenda reunião com o governo municipal

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Icapuí – SINDSERPUMI, tem pré-agendado para quinta, 15/03, uma audiência com o governo municipal, para tratar da pauta da Campanha Salarial 2018, como segue:

  • Pagamento do retroativo 2017.
  • Reajuste de todas as categorias.
  • PL's de ajuste salarial dos motoristas e funções não médicas.
  • PL de revisão do PCC'r da atividade meio e saúde.
  • Posicionamento final do governo sobre a insalubridade.

A entidade tem tentado construir um debate propositivo, na perspectiva de encontrar caminhos viáveis para o atendimento, por parte do governo, das reivindicações legitimas dos servidores.

Nesse contexto, faz-se necessário um desprendimento por parte de ambos, sindicato e governo, no sentido de encontrar saídas negociadas para a categoria, sem perder de vista as possiblidades financeiras do município. Para isso, o governo precisa atentar-se de que a gestão precisa ser melhor planejada e melhor otimizada, sobretudo no que diz respeito ao seu quadro de servidores, como forma dirimir ao máximo as gorduras e reduzir os percentuais de folha.

As consequências da EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 95, DE 2016 traz desafios significativos para os municípios no que diz respeito aos recursos disponíveis para demandas da população. É preciso planejar bem o orçamento, de forma a comtemplar mais com menos. Isso é uma tarefa difícil, porém não impossível, quando se pensa municipalidade como princípio básico para construção de uma sociedade mais humana e igualitária.

Nossos Parceiros

SIND SERPUMI

Nosso Endereço

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Icapuí - Rua Engenheiro Francisco de Assis, Centro.  62810-000—Icapuí—CE - Tel/Fax.: (88) 3432-1037 - Icapuí/Ce.

E-mail: sindicapui@yahoo.com.br.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree