Início Notícias ICAPREV: As saídas se constituirão com a participação de todos

ICAPREV: As saídas se constituirão com a participação de todos

8
0

e96c5e2c-cc78-41b5-a2bf-72a219d8aa2bNo dia 19/11, em audiência pública realizada pela poder legislativo municipal, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Icapuí – SINDSERPUMI – deu mais uma demonstração de que é preciso qualificação, competência técnica, análise de conjuntura e perseverança quando se trata da luta em defesa dos servidores. No oitavo encontro, sendo esta a segunda audiência pública, foi apresentada, mais uma vez aos servidores, a necessidade de reforma na previdência municipal, ficando explícito que a reformulação em questão exige, em função das circunstâncias, o sacrifício de todos os envolvidos, numa ação solidária e coletiva.

Entretanto, esse não é um sacrifício fácil, levando-se em conta o cenário em que o debate se dá (falta de reajuste e inflação galopante), bem como as exigências sem lógica que o sacrifício necessário requer, visto as consequências futuras caso nada seja feito agora.

O SINDSERPUMI tem tido todo o cuidado de construir as proposituras ao PL do governo da forma mais democrática possível, abalizadas em análises técnicas, plausíveis em relação ao instituto de previdência, e sob a orientação de que, ao final, caiba aos trabalhadores a menor onerosidade possível.

Mesmo faltando ainda um pouco mais de debate para consensuar alguns detalhes ao PL, faz-se necessário desanuviar que também faz parte da mediação da entidade sindical, além do aspecto de mitigar em todas as possibilidades a parte que caberá aos servidores, ter o máximo de justeza quando da parte que caberá a cada um trabalhador individualmente.

É preciso compreender que distribuir o sacrifício tratando os diferentes iguais é, no mínimo, desconsiderar o princípio da isonomia, algo fundamental para consolidação dos direitos e conquistas dos servidores. Isto posto, necessário se faz delinear um cenário em que se possa, neste caso, permear a justiça social tão almejada pela classe trabalhadora, ou seja, de que aqueles que tem mais possam contribuir com mais e os que tem menos possam contribuir com menos.

Ser justo também é perder para dar a quem tem direito de receber!

Artigo anteriorA desinformação não deve servir de princípio para não escolhermos o caminho certo.
Próximo artigoVeja como calcular o valor da contribuição para sua aposentadoria no ICAPREV

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui